Ser diferente

Numa altura em que parece estar na moda ser diferente, alternativo ou radical, gostaria de alertar para o facto de, na minha opinião, não haver nada mais radical do que romper as barreiras da convencionalidade e abraçar a sabedoria profunda da experiência directa.

Ser alternativo é dissolver os filtros conceptuais que separam sujeito e objecto, “eu” e “outro”, que diferenciam corpo, mente e mundo. Nada há de mais radical do que compreender a vacuidade dos fenómenos e do “eu”.

 Mais do que usar piercings ou cobrir o corpo de tatuagens, ser diferente é desenvolver uma profunda compaixão por todos os seres e agir em prol dos seus mais fundamentais interesses. Mais do que usar roupa larga ou ouvir world music, a pessoa verdadeiramente alternativa é a que descobre uma verdadeira alternativa à condição humana, às convenções que a perpetuam e ao sofrimento que dela advém.

Para sermos realmente diferentes, poderemos começar por ver que nada nem ninguém é fundamentalmente diferente, que tudo é uma mesma substância e atrevermo-nos a ser radicais ao ponto de viver de acordo com essa compreensão.

Que a nova moda seja a da sabedoria profunda e da compaixao ilimitada, para que ser diferente faça realmente a diferença.

Advertisements
Published in: on 08/05/2015 at 15:43  Deixe um Comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://thebeginningistheendisthebeginning.wordpress.com/2015/05/08/ser-diferente/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: